domingo, 2 de novembro de 2014

Meu Cupido Morreu




    Quem é que gosta de serenatas feitas em janelas, com a lua cheia e rosas perfumadas ? - Me pergunto até se alguém já viu isso na vida real- Quem é que nunca ficou com vergonha quando alguém deixou no ar, que sentia alguma coisa por você ? Isso é tão constrangedor e vergonhoso. 

    Não sou mal amada ou algo do tipo, só não gosto de ter que aturar isso, E não poder vomitar quando falo sobre o assunto. 
    Acho, sinceramente, horrível quando vejo demonstrações de carinho em público, por que você tem que demonstrar o seu amor, pra alguma pessoa além de seu companheiro ? 
    O amor deveria vir com uma etiqueta dizendo : 
-  Não demonstre para estranhos, amigos ou familiares, demonstre a pessoa amada.

Eu agradeceria. 

      Não sou grosa, ignorante e arrogante, algumas pessoas até dizem que sou fofa, não que eu ache que eu seja fofa. Mas porque demonstrar amor em público quando se pode dizer palavras bonitas quando estiverem a sós ? Não que não goste de ver a felicidade no rosto das pessoas, mas quando elas estão se beijando, aí que não da pra ver nada mesmo. Eu adoro sair na rua e ver um sorriso bonito, mas beijos, beijos não são bonitos, quando não é você que estar sendo beijado. E nojento e estranhamente estranho. 

     Sim tenho certeza que meu cupido se suicidou assim que completei 10 anos.  Coitado não aguentou a pressão que é amolecer meu sofrido coração. Mas gente, quem diabos gosta de demonstrações de carinho ? Eu hein !  Quem daria todo por uma serenata ? Quem ama ser surpreendida por uma declaração de amor no meio de todos os conhecido ? Não é porque sou tímida que não goste disso, mas diria "não" se alguém me pedisse em casamento numa festa, num jantar com TODOS os familiares, com todos quero incluir aquela tia chata que sempre aparece nas festas, não leva presente, mas que leva todos os salgados para casa. 

  Acho que os tempos mudaram, ninguém quer ser brega, ninguém que ser romântica, ninguém que ser previsível, sabe ?  Acho que não flutuo como a maioria das meninas, sempre firme com os pés no chão e pensamentos longos e verdadeiros. E sinceramente me prefiro assim. Realista.  

  Mas quero avisar que : Gostaria realmente que alguém, Zeus, Deus, Afrodite, Jesus, Até Santo Antônio, me dessem um novo cupido, que tivesse a cara do Joe Jonas, por favor, prometo não machuca-lo, prometo me segurar para não botar o dedo na boca e fingir que irei vomitar quando ver um casal se beijando, prometo até entender os finais de comédias românticas da próxima vez que for ao cinema. Prometo até ler um livro do Nicholas Sparks, e assiste ao filme também. Mas por favor me deem um cupido bonzinho que não seja tão romântico e idiota.  

    Não me levem a mal, sei que ainda há meninas românticas e carinhosas que gostam disso, mas o pior que não existem mais Romeus. 
Então agradeço a Deus por ter uma pedra no lugar de um coração. Assim só me magoou com amigos, pessoas que esperaria algo, além do amor.  
Por que não o quero tão cedo. Me magoar com pessoas que juraram amor eterno.  
Preciso passar por realidades, mentiras deslavadas e sofrimento, não que eu prefira isso do que uma serenata, mentira eu prefiro, só que precisamos disso, precisamos do choque da dura realidade, mas junto vem um brinde, um estúpido e apaixonado cupido.  Que ainda estou esperando. 

Pelas minhas contas esse novo cupido que tenho em mãos já é o quinto. E eu espero que ele dure. Assim como meu ódio por serenatas.